quinta-feira, 13 de julho de 2017

PALAVRAS AO VENTO.

Na sentença, juiz Sergio Moro cita documentos e depoimentos que comprovam que apartamento no litoral de SP era destinado ao ex-presidente, diz que há 'provas documentais' e que Lula 'faltou com a verdade'. Leia trechos. É a primeira vez, na história, que um ex-presidente é condenado por um crime comum no Brasil. A decisão permite que Lula recorra em liberdade.

Considerando a esperança que impregna as entranhas d’alma de cada brasileiro, tempos atrás e meio que assim de súbito elaborei o texto que segue abaixo e o enviei ao nosso representante maior.
Bom Dia, Presidente.
Ah, se eu pudesse diria;
Bom dia, Senhor Presidente,
Como o senhor está, está contente?
E daí de cima e olhando para baixo
Como o senhor vê a gente?
O senhor acha que estamos contentes?
Infelizmente senhor, a vida está deprimente, e
Sabes por quê? Porque, simplesmente,
não há esperança, pois a tempestade não passa
para dar espaço a bonança.
O senhor sabia que a vida passa e
junto com ela passam os presidentes, e
esses perdem a oportunidade em mostrar que são competentes.
Por favor, Presidente, ainda há tempo
de se fazer alguma coisa pela gente
aproveite o tempo que falta e
revolucione tudo aquilo que tinha em mente.
Presidente, nós acreditamos na sua palavra e
na sua história que do nordeste foi procedente, e
demos-lhe o privilégio de caminhar, humildemente com a gente.
Mais uma vez, esqueça as fantasias
não seja como os outros, seja diferente.
Mostre-nos que um homem simples
também é capaz de conduzir os destinos
de uma nação constituída de homens, mulheres e crianças,
Iguaizinhos a Vossa Excelência, ou seja,
pobres e humildes como sempre, porém, decentes!
Um grande abraço Presidente.
(Jorge Gerônimo Hipólito)
Obs.: se os políticos se preocupassem e ouvissem o povo, hoje não haveria constrangimento, o Brasil estaria bem e o povo estaria contente. Palavras ao vento, infelizmente, deprimente!


Nenhum comentário: