segunda-feira, 15 de agosto de 2016

DO MAR DAS DESIGUALDADES SURGEM CAMPEÕES OLÍMPICOS.

Mais ou menos assim no meu imaginário social: "no mar das desigualdades muitos são os náufragos e esses buscam apoio nalgumas tábuas dispersas; avistam navios, iates e lanchas, mas, ninguém avista os seus acenos; vez ou outra, alguma Rafaela consegue nadar até a praia e quando consegue se vê aplaudida por aqueles que acabaram de desembarcar dos navios, iates e lanchas".
Sugestão: "por que partidos e políticos não utilizam parte das verbas auxiliares (ajuda de custo) e recolham (adotem) aqueles que continuam subsistindo sobre as tábuas, essas produzidas pelo estelionato eleitoral que, assim como as olimpíadas ocorre a cada quatro anos". Ler mais...



Nenhum comentário: