segunda-feira, 13 de julho de 2015

Medida Provisória (MP) Nº 681

O governo publicou hoje (13) no Diário Oficial da União a Medida Provisória (MP) nº 681 que aumenta de 30% para 35% o limite do desconto do crédito consignado em folha de pagamento. O novo limite de renda é válido para empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aposentados, pensionistas e servidores públicos. O desconto é para o pagamento de empréstimos, financiamentos, cartão de crédito e operações de arrendamento mercantil (leasing). Continuar lendo

Ponto de vista I: na hipótese de o consumidor atrasar pagamento de parcela, automaticamente, se submeterá a taxas de juros exosfericas, ou seja, dificilmente conseguirá livrar-se desse problema. Obs.: cá entre nós, as taxas são injustas.

Ponto de vista II: consignar em folha de pagamento, ao meu ver busca proteger o credor, e nesse ponto indagaríamos: por que o governo não edita MP rebaixando as taxas de juros da
exosfera para a troposfera? Sim, vez que credores e devedores são seres terrestres. (JGH) 

Nenhum comentário: