terça-feira, 7 de agosto de 2012

Rinhas de Galos

Nesta segunda-feira, 6, Policiais Ambientais de São José do Rio Preto, durante patrulhamento ambiental em atendimento de denúncias sobre “Rinhas de Galos”, fiscalizaram três locais da área rural do município de Tanabi/SP, e apreenderam 48 galos índios, com mutilações nas esporas (cortadas), feridos durante lutas, caracterizando assim maus tratos. Foram lavrados 03 Autos de Infração Ambientais, um no valor de R$ 2.000,00, outro de R$ 6.500,00 e mais um de 18.500,00, totalizando R$ 27.000,00 em multas. Foram apreendidos além dos 48 galos da raça “índio”, 01 rebolo; 11 biqueiras para treino; 01 arco com serra; 02 cadernos de anotações sobre rinha; e 04 viveiros de madeira com 33 baias. Três Rinhas de Galos são desmanteladas em Tanabi/SP. (14 fotos)

 

Comentário:
O art. 225, da CF dispõe que: todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e de preservá-lo para as presentes e futuras gerações
Pois bem, infelizmente, ao longo do tempo testemunhamos policiais aplicando a lei, no entanto, não testemunhamos efeitos educativos dessa mesma lei. Na verdade, a educação não ocorre por amor e nem mesmo pela dor. Às vezes fico a pensar sobre o grau de consciência das autoridades e dos legisladores, pois são pessoas super educadas que, a meu ver, não conseguem empreender e possibilitar a efetiva proteção aos nossos galináceos.
(Jorge Gerônimo Hipólito)

Nenhum comentário: