sábado, 16 de junho de 2012

Monólogo de um cidadão


Eu penso, penso e penso muito,
mas o que penso, posso expressar?
Sim posso expressar, mas melhor não,
de repente, posso ofender ao rei.
Rei, mas que rei é esse?
Hum... são tantos por esse continente.

Ora, mas se tens reis e não és um deles,
quem serias?
Ah sou apenas gente, diferente e dependente.
Por que dependente?
Porque vivo em pesadelos,
meus sonhos dependem do rei.

Tudo bem, quais seriam seus pesadelos?
Saúde, educação, habitação, segurança,
emprego/renda e o fim da corrupção.
Mas isso você não tem? Tenho não!
Mas sempre me prometem, a cada eleição.
Aos súditos, forte abraço, de coração
arquivo: JGH

Nenhum comentário: