sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Decrescimento pode frear mudanças climáticas, diz o ambientalista Henrique Cortez à RFI

Publicado em outubro 7, 2011 por HC
Compartilhe:


Negociadores internacionais estão reunidos essa semana na cidade do Panamá para uma última rodada de negociações antes da COP 17, a Conferência do Clima das Nações Unidas, que este ano será realizada em Durban, na Africa do Sul. Para o editor do portal EcoDebate, Henrique Cortez, não se deve esperar, da COP 17, um consenso para metas de redução de gases que provocam o efeito estufa. Segundo ele, a solução para frear as mudanças climáticas é abandonar o modelo produtivista atual e adotar um modelo de decrescimento econômico sustentável.
Ouçam a entrevista na íntegra
Meio Ambiente 06/10/11
(04:11)

Entrevista concedida à Rádio França Internacional – RFI, em 06 de Outubro de 2011 .
EcoDebate, 07/10/2011
Opinião: Jorge G Hipólito
O mundo é rico e ao mesmo tempo pobre. Poucos detêm muito do que se lucra e muitos não ganham nada e ainda tem que pagar os prejuízos decorrentes daqueles que lucraram. O mundo está doente, mas não querem investir na cura, se o mundo se curar, os poucos que detêm muito deixaram de fazê-lo, assim continuam acelerando. Inevitavelmente devemos frear o desenvolvimento, dar marcha a ré  e recomeçar. Nesse recomeço poderemos lançar mão do conhecimento adquirido, porém um novo desenvolvimento deverá ser feito com equilíbrio. Tempos atrás, eu li e não me lembro onde o seguinte: o melhor momento para implantar o verdadeiro socialismo seria no auge do capitalismo. Eu ressabio que esse seja o momento, vez que poucos desfrutam da colheita enquanto outros, no caos recolhem os resíduos. 

Nenhum comentário: