terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Represas de hidrelétricas da região têm até 81% de água

Imagem/Créditos: 4º BPamb 
Apesar da grande quantidade de chuvas dos últimos dias, considerada pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) acima da média, os reservatórios das cinco usinas hidrelétricas do Noroeste paulista estão em nível satisfatório para atender à demanda do setor elétrico.
Sugestão do Blog:
Todos os anos no período das chuvas, as hidrelétricas esgotam a capacidade de armazenamento e por conta disso abrem as comportas. O excesso de água segue em rumo a ao Oceano Atlântico, obviamente também cumprindo o ciclo da evapotranspiração. Pois bem, imaginemos a possibilidade de se construir um canal de transposição entre Icém e São José do Rio Preto. No trajeto do canal poderia ocorrer distribuição de água para Icem, Nova Granada, Onda Verde, Castores e São José do Rio Preto. Ao mesmo tempo também seriam construídos açudes nas propriedades rurais. Eu acredito que a iniciativa seria relevante tanto para as cidades quanto para o agronegócio, no entanto, com uma ressalva, a transposição ocorreria somente quando houvesse excesso de água no lago da hidrelétrica. Essa mesma sugestão poderia ser aplicada em todas as usinas (barragens) do Brasil. Obs.: exceto na de Belo Monte, pois pelo que se vê, causará prejuízos incomensuráveis a biodiversidade. Considerando a hipótese do não desperdício significaria que estaríamos, inteligentemente aproveitando a água que em tese se transformaria em água salgada.

Nenhum comentário: