quinta-feira, 20 de maio de 2010

A Política e os seus Deuses.

Um mundo chamado Brasil.

Normalmente, a população humana testemunha as campanhas eleitorais, onde os candidatos e candidatas apresentam propostas de governo. A idéia é que depois de eleitos, atenderão as reivindicações, para assim propiciar melhor qualidade de vida. A bem da verdade passam os primeiros quatro anos e depois mais quatro sem que sejam cumpridas as propostas. E assim caminhamos nesse nosso mundo chamado Brasil.

Tsunamis.

A violência e criminalidade avançam mais forte que os TSUNAMIS e leva de roldão os sonhos e esperanças daquela mesma população humana que no início dos primeiros quatro anos acreditara nas propostas.

O Eco das Injustiças.

Agora, não restam dúvidas de que os votos inseridos nas urnas mudaram a vida de muitos, óbvio, daqueles que apresentaram propostas, ou seja, tudo muito bem planejado. O que fazer? Infelizmente, nada pode ser feito, haja vista, o velho adágio “contra a força não há resistência". Entretanto, saibam os senhores e senhoras donos das propostas enganosas que a idéia de que tudo vai bem é efêmera, uma vez que a natureza se encarregará de corrigir as injustiças.

As Lágrimas dos nossos olhos, um dia inundarão os lagos secos da omissão.

A PEC-300 se aprovada fosse, não alteraria a economia desse continente chamado Brasil, mas, alteraria sim a motivação de milhares de chefes de famílias que quando saem de casa não tem a certeza de que retornarão. Alguns retornam, outros não, e desses que não retornam restam às lágrimas das viúvas, dos filhos, netos e bisnetos. O tempo passa e a história se incumbe de registrar lapsos do que significou vidas tão curtas e sem importância àqueles que se propuseram a representar o povo.

Cem anos é pouco para se garantir um único sonho.

Importante lembrar, mesmo que se viva cem anos, a vida ainda seria curta, pois, apesar das dificuldades todos desejam viver bem. O problema é que por mais que se viva, o homem não consegue realizar esse único sonho, pois, até nisso, talvez, já não dependa de Deus, haja vista, os deuses que conduzem a política aqui na terra.

Consciência soberba.

Nesse sentido, quem sabe se lá do outro lado não nos encontremos. Isso, isso mesmo, quem sabe se lá do outro lado e levando em conta o espiritismo romântico não se encontrem os Presidentes, Senadores, Deputados federais e estaduais, os Governadores, Prefeitos e Vereadores. Ah, e também os Policiais militares e civis, esses que ao longo da vida se expuseram ao ridículo e se humilharam diante do poder daqueles que se achavam “os imperadores”. Imperadores, esses, que não percebem o ímpio impregnado nas entranhas de uma consciência soberba e egoísta e que sempre os leva a pensar apenas no próprio umbigo. Com raríssimas exceções. E tenho dito.

2 comentários:

Polícia Ambiental disse...

Olá Jorge, Sou muito grato pelos comentários que você tem feito em nosso Blog, que apesar de ter começado agora já conta com colabores de auto nível como; claro que tomamos como exemplo você. Portanto, mais uma vez muitíssimo obrigado pela ajuda! Um grande abraço e espero contar sempre com a sua parceria nessa nobre luta pelo nosso meio ambiente. Ailton - Blog da Polícia Ambiental de Caicó/RN

Jorge Gerônimo Hipólito disse...

Eu também me sinto orgulhoso pela integração com a Polícia Militar Ambiental do Rio Grande do Norte (Caicó) e manterei a esperança de que, além da missão de fiscalizar, também consigam desenvolver a idéia da revitalização das matas ciliares.

Um grande abraço a todos.

Boa Sorte!