quinta-feira, 28 de maio de 2015

POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL REALIZA OPERAÇÃO "MADEIRA LEGAL"


Entre os dias 25, 26 e 27 de maio, Policiais Militares da 1ª Companhia Ambiental de São José do Rio Preto, foram empenhados na Operação denominada “Madeira Legal”, intensificando as fiscalizações nas principais rodovias que cortam nossa região, visando identificar irregularidades ambientais no transporte de madeira nativa, principalmente oriundas da Amazônia Legal, por meio de análise da documentação apresentada pelos transportadores (DOFs, Notas Fiscais etc) comparando-as com a carga de madeira vistoriada in locu (quantidade, corte, espécies etc).
Os maiores produtores de madeira nativa da Amazônia Legal são os Estados de Mato Grosso (36,79%), Pará (35,04%) e Rondônia (22,65%) que, juntos, são responsáveis pela produção de quase 95% de toda a madeira oriunda da Amazônia, sendo que o escoamento destes produtos florestais nativos até o território paulista na maior parte se dá por vias de grande importância (rodovias federais, estaduais etc) e por meio de veículos pesados (carretas, bitrem e rodotrem), ingressando no Estado de São Paulo pelas divisas dos Estados de Mato Grosso do Sul e de Minas Gerais, denotando a importância de operações com essa finalidade.
A exploração e devastação da Região Amazônica tem sido alvo de preocupação mundial, pois estudos comprovam que a diminuição da cobertura vegetal nativa está influenciando diretamente as alterações climáticas do planeta.
Durante as ações fiscalizatórias foram vistoriados 33 caminhões específicos de transporte de madeira, sendo que em 05 (cinco) deles foram flagradas irregularidades, sendo assim foram lavrados até o momento (parcial) 06 (seis) Autos de Infração Ambiental, alcançando não somente o transportador, mas também o responsável pelo envio da madeira irregular, somando-se R$ 47.026,80 em multas arbitradas (parcial). Foram apreendidos, além dos cinco caminhões, cerca de 88 m³ de madeira (parcial), que após finalizado o processo administrativo serão doados à entidades assistenciais.
As não conformidades detectadas no transporte de madeira amoldam-se ao tipo penal próprio, previsto na Lei de Crimes Ambientais, com pena de seis meses a um ano de detenção, sendo que os responsáveis responderão em liberdade por se tratar de crime de menor potencial ofensivo.
Fonte: 
Cpamb Pmesp

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Um orgasmo por dia pode reduzir o risco de câncer de próstata em 20%, revela estudo com 32.000 pacientes


Ter orgasmos regularmente pode reduzir o risco de câncer de próstata, revelou um estudo. Os homens que ejaculam com mais regularidade ao longo de suas vidas reduzem em até 20% o risco da doença. Os pesquisadores, da Harvard Medical School, não explicaram o motivo pelo qual os orgasmos poderiam reduzir o risco de câncer de próstata. No entanto, já foi anteriormente teorizado que orgasmos regulares podem expulsar substâncias cancerígenas na próstata.

Outra teoria é que, se o esperma é limpo regularmente ao sair, para permitir que novas células se desenvolvam, ele ajuda a impedir o acúmulo de células velhas que podem ser mais propensas a tornarem-se cancerígenas.

A próstata é uma pequena glândula localizada entre o pênis e a bexiga, cuja principal função é produzir um líquido branco espesso que é misturado com o esperma produzido pelos testículos, para criar o sêmen. O novo estudo é o maior já realizado sobre a frequência de ejaculação em relação ao câncer de próstata. Os pesquisadores descobriram que os homens na faixa etária entre 40 e 49 anos que ejaculam 21 vezes ou mais por mês reduziram seu risco de câncer de próstata em 22%. A comparação foi com os homens que ejaculam de 4 a 7 vezes por mês.

O estudo acompanhou quase 32.000 homens saudáveis ​​por 18 anos, sendo 3.839 diagnosticados com câncer de próstata, posteriormente. Os homens foram questionados sobre a sua frequência mensal média de ejaculação, entre as idades de 20 a 29, 40 a 49 e, em 1991, ano anterior ao questionário. Eles descobriram que, quanto mais frequentemente um homem ejaculou ao longo de sua vida, menor foi seu risco de câncer de próstata em todos esses três períodos de tempo, mesmo com dietas e métodos de prevenção conhecidos sendo realizados.

Jennifer Rider, da Harvard Medical School e do Brigham and Women’s Hospital, disse que os resultados são promissores, mas devem ser interpretados com cuidado. “Ainda que estes dados sejam os mais convincentes sobre o benefício potencial da ejaculação no desenvolvimento do câncer de próstata, são dados observacionais e devem ser interpretados com cautela. Ao mesmo tempo, dada a falta de fatores de risco modificáveis ​​para o câncer de próstata, os resultados deste estudo são particularmente encorajadores”, relatou. Ela acrescentou que mais pesquisas devem ser realizadas para analisar as mudanças específicas na próstata causadas pela ejaculação, para entender como acontece a redução do risco de câncer de próstata.


A pesquisa foi apresentada na reunião anual da Sociedade Americana de Urologia, em Nova Orleans, EUA. Mais de 1,1 milhões de casos de câncer de próstata foram registrados em 2012, correspondendo a cerca de 8% de todos os novos casos de câncer e 15% apenas entre os homens, de acordo com dados do Cancer Research Fund International World. As causas do câncer de próstata são em grande parte desconhecidas, mas as chances de desenvolver a doença aumenta ao passar dos anos.

Fonte: http://www.jornalciencia.com/

segunda-feira, 18 de maio de 2015

O Retrocesso da educação ao longo dos últimos 60 anos

Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação, datilografia...
Havia aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais e cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional antes de iniciar as aulas...

Leiam o relato de uma Professora de Matemática:
Semana passada, comprei um produto que custou R$ 15,80. Dei à balconista R$ 20,00 e peguei na minha bolsa 80 centavos, para evitar receber ainda mais moedas.
A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer. 
Tentei explicar que ela tinha que me dar 5,00 reais de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. 
Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender. 
Por que estou contando isso? 
Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim:

1. Ensino de matemática em 1950:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda.
Qual é o lucro?
2. Ensino de matemática em 1970:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00. Qual é o lucro?
3. Ensino de matemática em 1980:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Qual é o lucro?
4. Ensino de matemática em 1990:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( ) R$ 20,00 ( ) R$ 40,00 ( ) R$ 60,00 ( ) R$ 80,00 ( ) R$ 100,00
5. Ensino de matemática em 2000:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
O lucro é de R$ 20,00.
Está certo?
( ) SIM ( ) NÃO
6. Ensino de matemática em 2009:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Se você souber ler, coloque um X no R$ 20,00.
( ) R$ 20,00 ( ) R$ 40,00 ( ) R$ 60,00 ( ) R$ 80,00 ( ) R$ 100,00
7. Em 2010 ....:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Se você souber ler, coloque um X no R$ 20,00.
(Se você é afro descendente, especial, indígena ou de qualquer outra minoria social não precisa responder pois é proibido reprová-los).
( ) R$ 20,00 ( ) R$ 40,00 ( ) R$ 60,00 ( ) R$ 80,00 ( ) R$ 100,00
E se um moleque resolver pichar a sala de aula e a professora fizer com que ele pinte a sala novamente, os pais ficam enfurecidos pois a professora provocou traumas na criança.
Também jamais levante a voz com um aluno, pois isso representa voltar ao passado repressor (Ou pior: O aprendiz de meliante pode estar armado)
- Essa pergunta foi vencedora em um congresso sobre vida sustentável:
Todo mundo está 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos...
Quando é que se 'pensará' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"
Passe adiante! Se você acha viável.
Isso não é corrente!!. 
Precisamos começar JÁ! 
Ou corremos o sério risco de largarmos o mundo para um bando de analfabetos, egocêntricos, alienados e sem a menor noção de vida em sociedade e respeito a qualquer regra que seja!!
Entende por que o Ideb
 caiu?!?
Que tristeza.
Fonte: Facebook.